Artigo Lido: Efeito do ensacamento sobre a incidência de moscas-das-frutas e na qualidade das goiabas

Artigo Lido: Efeito do ensacamento sobre a incidência de moscas-das-frutas e na qualidade das goiabas

É domingo e já te lembro que ontem acabou a 4ª semana de 2017 além de que nessa semana já vamos iniciar um novo mês! Logo mais estarão de volta as aulas e consequentemente meu trabalho, mas pretendo manter a continuidade nos posts aqui no blog!

Minha indecisão em escolher o 4º artigo atrasou a resenha em um dia, mas cá estou para continuar minha meta de divulgação científica e ganho de conhecimento pessoal. Essa semana foi bem legal no quesito de leituras e fechei-a com esse artigo maravilhoso que encontrei no Scielo!

LEMBRETES

ATENÇÃO: Eu recomento que vocês primeiro LEIAM o artigo que foi resenhado na integra e depois venham ver a resenha aqui no blog!

Caso você queira ver apenas minha opinião pessoal sobre o artigo, basta descer até o tópico ANÁLISE CRÍTICA PESSOAL.

Essa semana, escolhi um artigo em que investiga a eficácia de uma técnica antiga no controle de pragas em frutas!

Clique aqui para ler o artigo na íntegra:

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1808-16572016000100211&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Então, vamos à resenha:

DADOS DO ARTIGO

Título: Efeito do ensacamento sobre a incidência de moscas-das-frutas e na qualidade das goiabas.

Referência Bibliográfica:

AZEVEDO, Francisco Roberto de et al . Efeito do ensacamento sobre a incidência de moscas-das-frutas e na qualidade das goiabas. Arq. Inst. Biol.,  São Paulo ,  v. 83,  e0122014,    2016 .   Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-16572016000100211&lng=pt&nrm=iso>. acessos em  29  jan.  2017.  Epub 27-Jun-2016.  http://dx.doi.org/10.1590/1808-1657000122014.

O estudo

Em resumo o trabalho busca determinar o tamanho ideal dos frutos para serem submetidos a técnica de ensacamento, avaliar a eficiência da técnica em diferentes formas de aplicação e avaliar a sua correlação com a qualidade dos frutos produzidos.

Estrutura

O trabalho possui uma breve introdução que explica os objetos de estudo. Em seguida são apresentados materiais e métodos com descrições das metodologias aplicadas. Os resultados e discussões são apresentados em seis tópicos. Por fim tem-se as conclusões obtidas e referências bibliográficas utilizadas. O artigo possui 8 páginas.

Conteúdo

As larvas das moscas-das-frutas (Anastrepha spp e C. capitata) podem tornar os frutos impróprios para consumo ou sem valor comercial. Dentre as diversas práticas de manejo recomendadas no combate a este problema está o ensacamento de frutos. Esse antigo e eficaz método de controle mecânico é bastante utilizado e difundido entre os produtores orgânicos e seu aprimoramento é importante por ele ser menos danoso ao meio ambiente e à saúde humana que o controle químico. O objetivo do trabalho foi determinar o tamanho ideal dos frutos para serem ensacados e avaliar a eficácia dos diferentes materiais do ensacamento visando a redução das moscas-das-frutas, cem como sua correlação sobre a qualidade final do produto.

A pesquisa foi conduzida em um pomar comercial de goiaba com oito anos de idade, com plantas da variedade Paluma, na fase de frutificação e maturação dos frutos localizado no Crato – CE. O delineamento experimental adotado foi em blocos inteiramente casualizados, representado por seis tratamentos (T1 a T6) com relação ao material de ensacamento e quatro repetições (G1 a G4) com relação ao tamanho dos frutos. Os frutos foram colhidos à medida que atingiam a maturidade e levados ao laboratório para análises e os dados obtidos foram submetidos à análise.

O efeito do ensacamento sobre a infestação por moscas-das-frutas demonstrou que em todos os frutos ensacados foram menos infestados que a testemunha sem ensacamento (T1). Sobre o diâmetro dos frutos notou-se que os maiores obtidos foram os ensacamentos com jornal e papel manteiga no G1 (2cm-3cm), jornal e plástico microperfurado no G2 (3,1cm-4cm) e G3 (4,1cm-5cm) e com sacos de jornal no G4 (5,1cm-6cm). Não houve diferença significante no efeito sobre o comprimento dos frutos nos diferentes tratamentos do G1. No G2 e G3 os maiores comprimentos obtidos foram em ensacamentos de jornal e plástico microperfurado. No G4 todos os ensacamentos não diferiram entre si, mas diferiram da testemunha. No efeito da técnica sobre o peso verificou-se que em G1 e G2 não houve diferença significativa entre ensacamento ou não. No G3 os frutos ensacados com jornal obtiveram o maior peso médio e no G4 os frutos protegidos foram mais eficazes em relação à T1 no aumento do peso. Não houve significância no G1 e G2 no aumento sobre o teor de sólidos solúveis totais. Em G3 frutos mais doces foram obtidos em ensacamentos de jornal. Em G4 percebeu-se que todos os ensacamentos foram melhores do que a testemunha, porém não diferiram entre si. Quanto a praticidade do uso dos ensacamentos no pomar de goiaba os sacos de pipoca e TNT foram os mais bem avaliados e os com sacos plásticos receberam críticas por permitirem, por exemplo, o excesso da radiação solar.

Concluiu-se que o ensacamento de frutos é eficaz no controle das moscas-de-frutas independentemente do tipo de saco utilizado, recomendando-se ensacar as goiabas quando estiverem com 2,0 a 3,0 cm de diâmetros. Ensacamentos com jornal favorecem o maior amento de peso e doçura e sacos de pipoca e TNT são mais facilmente manuseados.

ANÁLISE CRÍTICA PESSOAL

As análises laboratoriais que foram realizadas, bem como as metodologias empregadas no experimento foram muito bem descritas. Isso proporciona grande facilidade na repetição do estudo em outros locais e colabora para a divulgação do trabalho por pesquisadores que poderão utiliza-lo como base para seus próprios estudos.

A análise dos dados dos resultados obtidos pelo ensacamento dos frutos com relação a infestação foi precisa, e mesmo quando não pareciam condizer com os resultados esperados os pesquisadores conseguiram estimar as possíveis causas para isso notando, com sabedoria, que os dados poderiam ter sido alterados por alterações nos sacos ou mesmo pelo próprio aumento dos frutos. Também a recomendação de retorno ao local da área ensacada após 60 dias para reposição de sacos danificados constituiu-se em uma indicação essencial para o aprimoramento da técnica.

Há diversas indicações no artigo que servem diretamente para produtores, principalmente para aqueles que se dedicam a produção orgânica. Embasar uma técnica tradicional de forma científica permite criar parâmetros que podem ser melhorados e avaliados por demais pesquisadores e empreendedores do ramo.

O artigo é de fácil compreensão e escrita acessível para ser utilizado inclusive em aulas práticas que abordem o assunto. A forma como os experimentos são descritos pode permitir uma fácil discussão sobre os resultados obtidos e sobre as metodologias empregadas, fomentando assim o debate sobre técnicas de agricultura.

RECOMENDO OU NÃO A LEITURA?

Sim, indico a leitura  dessa pesquisa. A escrita e o tema me chamaram a atenção e a pesquisa foi tão bem descrita que não me gerou dúvidas em nenhuma parte do texto. Confesso que apesar do meu curso de Biologia, eu não conhecia a técnica de ensacamento e fiquei surpreso com a sua eficiência aqui retratada. Adquirir esse conhecimento foi essencial para meu crescimento intelectual. Obrigado autores!

aprovado

CONTATO COM OS AUTORES DO ARTIGO

Caso você queira entrar em contato com os autores do artigo, o e-mail divulgado para correspondência é roberto.azevedo@ufca.edu.br

FINALMENTE

Quatro semanas se foram e quatro artigos já foram lidos. Vem comigo e fazer também uma leitura científica! Espero que você tenha gostado de minha indicação essa semana e lembre-se que caso tenha alguma indicação de artigo deixe nos comentários ou através do e-mail dicadoleandro@gmail.com. Até mais!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s